sexta-feira, 13 de abril de 2012

Lidar com a perda dos nossos entes queridos

Lidar com a perda daqueles que mais amamos é muito dificil para todos nós. Este fim de semana de Páscoa eu também perdi alguém que amava muito, que partilhou comigo toda a minha vida, até aqui. Tal como todos os humanos primeiro vem a negação interna para não sofrer, depois a resignação até chegar aos poucos à aceitação de que ninguém vive para sempre, a não ser no nosso coração, lugar onde todos os nossos entes queridos vão estar sempre vivos, na nossa memória e no nosso "coração".

A todos os que já perderam alguém das mais diferentes formas deixo o conselho:
- Lembrem-se sempre de todos os momentos bons que passaram juntos !
- esqueçam os maus momentos, os periodos de doença ou sofrimento, recordem-se das coisas boas, (dos passeios das gargalhadas, daquilo que tornava essa pessoa diferente e especial para vocês- os momentos bons).
- Chorar faz bem, alivia mas não se pode estar sempre a chorar, (por vezes é necessário arranjar actividades que distraiam a mente e aliviem a dor).
- Não transformem as vossas casas em santuários, nem permitam que os vossos o façam, pois aumenta a vossa dor e não vos permite ultrapassar a perda.
-nos momentos de festa (aniversários, Natal...), quando se lembrarem dessa pessoa não se deixem entristecer pela memória, pois isso afecta toda a família mesmo que vocês não queiram, ou tentem esconder.
  beijinho a todos

Sem comentários: