quarta-feira, 26 de outubro de 2011

Bullying - criança de 10 anos comete suicídio

Chocados ficámos mais uma vez com as noticias da morte de um jovem de 10 ano suposta vitima de bullying por parte dos seus colegas. Muitos se perguntam como é que uma criança de apenas 10 anos tem essas ideias de atentar contra a vida. Para responder a esta questão seria necessária uma análise mais profunda da situação de vida desta criança, tanto na escola como em todos os outros contextos em que a criança se movia, de modo a compreender o que a levou a por termo à vida, complementada com uma análise profunda de da sua génese familiar.


Aos país que tanta dificuldade tem em explicar aos seus filhos estas notícias deixo uma mensagem -

Aproveitem estas situações para reforçar os laços com os vossos filhos, digam-lhes e façam-nos sentir que estão ali para os proteger independentemente do que se passe, reforcem a ideia de que por mais grave que lhes pareça uma determinada situação podem sempre contar convosco sem recriminações pois são o seu porto de abrigo seguro.


Observem os vossos filhos, vejam o que sentem, não os obriguem a ter uma força que ainda não têm para enfrentar as situações, quando estão frágeis permitam-lhes chorar e com calma vão percebendo o porque da tristeza dos vossos filhos, avaliem as situações e sempre que necessário vão à escola falem com os professores, com os colegas e se necessário hajam no sentido de protegerem os vossos filhos e de modo a faze-los entender que vocês tão ali atentos para os proteger!!!

Criem movimentos de pais, façam sessões de esclarecimento individualizadas para os pais, professores e para as crianças! Definam estratégias de prevenção, intervenção e protecção.

Não se deixem ficar no deixa andar pois cada vez temos mais situações a acontecer e é necessário agir!!!

Sem comentários: