segunda-feira, 14 de dezembro de 2009

o salário do psicologo

Em resposta ao pedido sobre o salário de um Psicólogo gostaria de dizer que em Portugal ronda os 1316 euros sobre os quais incidem os descontos legais. No entanto temos psicólogos a trabalhar por valores bastante inferiores, dada a falta de emprego, em especial em algumas IPSS existem psicologos com ordenados de 900 euros iliquidos.

Para os que trabalham a recibos verdes os valores podem variar bastante dependendo dos sitios em que trabalham, por exemplo se trabalham numa clinica 25 % a 30% do valor que recebem fica para a clinica. Esta modalidade é bastante complicada dado os valores a pagar as finanças 25% e acrescem os descontos mensais para a Seg.Social.

Concluindo vida de psicologo não está fácil. É no entanto uma profissão muito bonita em especial para aqueles que se dedicam aos seus pacientes e a aprender sempre mais para ajudar mais e melhor. Falo por mim que sou da área de clinica. Cada vez que um paciente tem sucesso é uma grande alegria para mim.

9 comentários:

Anónimo disse...

Olá!!!
Percebo que temos algumas coisas em comum; somos do mesmo signo, nascidas no mesmo dia em anos diferentes (nasci em 1977) e com uma paixão pela sua profissão Psicóloga Clinica!
Muito sucesso e ralizações a você aí do outro lado do oceano. Sou brasileira.

afsilva disse...

olá cara colega
é giro saber de alguém que nasceu no mesmo dia mas do outro lado do oceano.
espero que tudo corra bem consigo e com os pacientes que acompanha. Na realidade os sucessos deles muitas vezes são sentidos como os nossos também.
já agora podia mandar-nos um bocadinho se sol é que aqui tá a chover e tá frio.
beijo grande

Anónimo disse...

Olá!
Gostava de dizer que a profissão de psicólogo faz sentido para mim, porque percebo que o ser humano constrói-se na interação e relação com os outros.
Carla Tavares
Estudante de Psicologia

afsilva disse...

Olá Carla minha futura colega é um prazer receber estudantes no meu blog. Em resposta ao seu comentário gostaria de dizer que:
- é verdade que o ser humano se constrói na interação com os outros ("modelos"), mas não só, pois somos Bio-psico-sociais e é da interação de todos estes factores Biológico, psicológicos e sociais que resulta aquilo que somos - seres únicos e especiais. Ser psicólogo - é perceber tudo isto,de forma integrada, para que ao analisar cada ser melhor o possamos compreender e ajudar.
bjs e tudo de bom para o seu futuro profissional.
Ana Filipa

Anónimo disse...

Olá. Tenho estado a pesquisar, e realmente é um curso que quero tirar desde muito nova: psicologia. No entanto, tenho imenso receio de não conseguir emprego. Ja pensei noutras areas, mas esta é aquela... :)

Dr.ª Ana Filipa Silva disse...

Á questão do emprego em psicologia neste momento é realmente um factor forte a ponderar, dado que não é facil ter um emprego estável nesta área, no entanto a especialização numa área em que exista uma maior necessidade de técnicos de psicologia pode ser a solução... mas não é garantia ;-)

Anónimo disse...

Olá boa tarde.
Encontrei o seu blog e gostaria de pedir uma opinião sobre um bom profissional que exerça a profissão de psicólogo.
Desde nova desenvolvi um gosto especial pela área. Neste momento, terminei o 12º ano e estou bastante indecisa, pois não sei se devo enverdar ou não pela área na faculdade, visto que há pouco emprego e, além disso, não sei bem o que me espera a nível profissional. Tenho algum receio de que o facto de lidar com problemas graves diariamente me possa afetar individualmente, pois tenho noção de que sou uma pessoa sensível. Em contrapartida gostaria de estudar essa área.
Consegue manter o animo e a alegria mesmo estando em contacto diariamente com realidades tão diferentes e duras?
cps

Ana Filipa disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Ana Filipa disse...

Olá a todos a dúvida quanto à escolha da psicologia como profissão é normal. Essencialmente antes de fazer esta escolha temos de perceber o que realmente faz um psicólogo, nas diferentes áreas de especialização, (clinica, educacional social e das organizações)e imaginarmo-nos em cada uma destas áreas, percebendo se fazem sentido no percurso de vida que escolhemos para nós. Quanto ao facto que é enunciado na questão " se a sensibilidade do psicologo afeta o seu envolvimento nos casos..." aquilo que lhe posso dizer é que se o psicologo não for sensível não compreende, nem "empatiza" com o paciente que tem à sua frente. No entanto ser psicólogo não é deixar de ser humano e existem casos que pela sua natureza ou proximidade da nossa experiencia pessoal mexem mais connosco que outros. Por esse motivo deve o psicologo, ser também ele analisado e apoiado por profissional mais experiente.
Devo também salientar o facto de que na psicologia clinica actualmente, o psicologo normalmente encontra-se inserido numa equipe multidisciplinar de discussão e analise dos seus casos. Este trabalho em rede permite um maior apoio do profissional.

Qualquer outra questão disponham.